TV Centro Sul

domingo, 9 de novembro de 2014

Anistia Internacional lança manifesto contra homicídios de jovens negros no Brasil

A Anistia Internacional Brasil promoveu neste domingo (9), em evento gratuito na zona sul do Rio de Janeiro, o lançamento nacional da campanha Jovem Negro Vivo. A iniciativa visa chamar à atenção para os índices altos de homicídios contra jovens, especialmente os negros, no Brasil. Durante o evento, ativistas da organização não governamental (ONG) arrecadaram assinaturas em apoio ao manifesto lançado pela organização. "O Brasil é o país onde mais se mata no mundo, superando muitos países em situação de guerra. Em 2012, foram 56 mil jovens entre 15 e 29 anos e, desse total, 77% são negros. A maioria dos homicídios é praticada por armas de fogo e, menos de 8% dos casos, chegam a ser julgados", diz o manifesto. As assinaturas serão entregues a autoridades públicas do governo federal e de governos estaduais. Para o diretor executivo da Anistia Internacional, Átila Roque, “a indiferença da sociedade brasileira" é um dos principais problemas a serem enfrentados. A campanha, que vai até junho de 2015, tem como mote a invisibilidade que os jovens sofrem, representados por esculturas que retratam diferentes situações do cotidiano, interrompidas pela violência. Informações da Agência Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics