TV Centro Sul

sábado, 8 de novembro de 2014

Eleito deputado federal, pastor Ronaldo propõe frente pela redução da maioridade


Eleito deputado federal neste ano, o deputado estadual Pastor Ronaldo (PRB) disse nesta sexta-feira, 7, que irá defender formação de uma “frente parlamentar pela redução da maioridade penal” no Congresso. A fala do parlamentar ocorreu em meio à longa discussão na Casa sobre o tema, onde diversos parlamentares se posicionaram favoráveis à medida e apenas um, Professor Pinheiro (PT), se disse contrário.

Para ele, menores de 18 anos devem ser punidos em casos de homicídio. “A maioria dos crimes de assassinato é cometida por menores de idade”, disse o pastor. Diversos deputados apoiaram a proposta. Em sua fala, Fernando Hugo (SD) destacou assassinado de pastor por adolescentes e disse que apenas “imbecilóides” defendem a inimputabilidade de menores. 

Já Ely Aguiar (PSDC) afirmou que a redução apenas não é aprovada por “culpa do PT”. “Esta era inclusive uma das propostas que o candidato Aécio Neves queria levar ao debate com a opinião pública, mas, infelizmente, teremos que continuar sofrendo na pele a violência neurótica pratica por menores”, disse Aguiar, apresentador de programa policial.

"Outro caminho"

Único parlamentar a questionar a fala dos colegas, Professor Pinheiro destacou que casos como do assassinato do pastor não podem ser motivo para “extrair interesses pessoais”. Ele destacou que países bem sucedidos na redução da violência alcançaram melhorias através de melhorias em áreas como educação, cultura e esportes, e não pelo endurecimento das leis.

“Dessa forma, o que faremos é por para funcionar uma máquina, cuja função hoje é colocar preto e pobre na cadeia”, disse. O deputado reforçou que não “defende quem mata”, mas cobrou discussão de formas mais eficazes de combate à violência.

Redação O POVO Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics