sábado, 8 de novembro de 2014

No dia "D" contra a polio quase mil crianças devem ser vacinadas em Solonópole

Hoje é o Dia 'D' da campanha de vacinação contra a poliomielite e o sarampo em todo o Estado.  Em Solonópole a cidade está realizando um verdadeiro mutirão na tentativa de alcançar a meta que é de vacinar quase mil crianças com idade entre 6 meses e 5 anos contra a poliomielite
A imunização foi aberta a partir das 8h nos PSFs da Sede I,II, Monte Castelo e Assunção que funcionarão até às 17h. É indicado que os responsáveis levem os cartões de vacinação das crianças para que, caso seja necessário, eles sejam colocados em dia. Mas além do dia “D” a vacinação irá continuar até o dia 28 de novembro em todos os postos.
“O objetivo de unir as campanhas é resgatar os menores de 5 anos não vacinados e corrigir falhas primárias de vacinação, garantindo altas coberturas vacinais e mantendo a cidade longe da possibilidade de ter algum caso de sarampo, é uma preocupação da nossa secretaria e do gestor municipal que determinou o máximo de atenção neste período”, explicou a Secretária de Saúde, Lúcia Cavalcante.


Histórico

Desde 1990 não são registrados casos de poliomielite no país. Por conta disso, em 1994, o Brasil recebeu a 'Certificação de Área Livre de Circulação do Poliovírus Selvagem', juntamente com os demais países das Américas.

Já entre 2013 e 2014 foram notificados 596 casos de sarampo no país, com maior concentração nos estados do Ceará (365) e Pernambuco (224). Na Paraíba, neste ano, até agora, não houve registro de nenhum caso. Em 2013, foram 33 casos suspeitos, com uma confirmação.

INFECÇÃO CAUSA PARALISIA INFANTIL

A poliomielite – conhecida como paralisia infantil – é uma doença causada pela infecção do poliovírus. Ele se espalha por contato direto entre pessoas. O vírus entra por meio da boca e do nariz e se multiplica na garganta e no trato intestinal, sendo absorvido e espalhado pelo sangue e pelo sistema linfático.

O período da infecção pelo vírus, até que surjam os sintomas da doença, varia de 5 a 35 dias. Quando se manifestam, os sintomas variam de acordo com a gravidade da infecção.

Já o sarampo é uma doença infectocontagiosa provocada pelo Morbili vírus e transmitida por secreções das vias respiratórias como gotículas eliminadas pelo espirro ou pela tosse. O período de incubação é de cerca de 12 dias.


Além das manchas avermelhadas na pele, que começam no rosto e progridem em direção aos pés, há febre, tosse, mal-estar, conjuntivite, coriza, perda do apetite e manchas brancas na parte interna das bochechas. Otite, pneumonia e encefalite são complicações graves do sarampo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics