TV Centro Sul

domingo, 25 de janeiro de 2015

"Brasília é para profissional", diz deputado Danilo Forte

No discurso de posse do seu segundo mandato, a presidente Dilma Rousseff declarou que o segundo governo tem como lema “pátria educadora”. “Estamos dizendo que a educação será a prioridade das prioridades, mas também que devemos buscar em todas as ações do governo um sentido formador, uma prática cidadã”, disse a presidente.

“A educação avançou muito, mas ainda temos índice muito alto de analfabetos funcionais. 

O Cid (Gomes, ex-governador do Ceará) aceitou o convite para o ministério pelo desafio, porque, se não avançarmos na educação, estamos perdidos”, afirma o deputado federal Ariosto Holanda (Pros-CE), que, no entanto, não ignora o lucro político que um bom desempenho pode trazer ao ministro. 


“Se ele fizer um bom trabalho na Educação, e acredito que fará, pode cacifar-se para ser uma força política nacional, porque Educação passa por todos os municípios, todos os estados, e dá condição para projetar um candidato”, disse.

Já o deputado federal Danilo Forte (PMDB-CE), do grupo peemedebista que prega independência do Planalto, afirma: 

“O Cid está numa pasta de vital importância para a construção do futuro, com grande capacidade de investimento, prioritária pelo governo, que leva a marca do segundo mandato da presidente para todo o País. Se, em vez disso, ele for querer fazer um projeto político, vai escorregar numa casca de banana. Brasília é para profissional”.

O POVO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics