TV Centro Sul

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Diante de ameaça à candidatura única, Renan afirma que indicação deve ter apoio da maioria

Provável candidato à reeleição para a presidência do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), reagiu de forma indireta nesta quarta-feira (28) à tentativa da ala independente do PMDB e da oposição de lançar a candidatura de Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC). De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, Renan afirmou em nota que a indicação do partido é feita pela maior bancada da Casa – o PMDB – e que o nome deve “ser apoiado deverá ser aquele que for escolhido pela maioria dos 19 senadores do PMDB”. Ainda segundo Folha, o congressista ainda não admitiu seu desejo de disputar um cargo, mas atua nos bastidores para que isso ocorra. "O senador Renan Calheiros ponderou ao senador Luiz Henrique da Silveira que a indicação do nome para disputar a presidência do Senado Federal é feita pela maior bancada de modo a não violar a proporcionalidade e o regimento", diz o comunicado. Aliados do senador relatam que ele tem pedido apoio aos colegas para ser candidato único do partido e promete a indicação para cargos relevantes em comissões e órgãos do Senado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics