quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Carro-pipa nas sedes de sete cidades

Pelo menos sete sedes de municípios devem contar emergencialmente com fornecimento de água por carro pipas. Em Mombaça, Piquet Carneiro, Crateús, Canindé, Quixeramobim, General Sampaio e Jaguaretama, o colapso de água na área urbana ou já está instalado ou é questão de um ou até dois meses, em vista da redução dos níveis dos reservatórios que abastecem as cidades.
A informação é do presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Expedito José do Nascimento, que voltou, ontem, a demonstrar preocupação não apenas com a falta d'água para consumo humano, mas também para o rebanho.
Segundo a Defesa Civil do Estado, a Operação Carro-Pipa já está presente em 54 cidades, mobilizando 174 veículos, atendendo cerca de 280 mil pessoas.
O presidente da Aprece, que tomou posse do cargo no último dia 30, lembrou que nesta mesma data reuniu-se com o governador Camilo Santana, ocasião que pediu maior atenção para a questão hídrica no Estado.
"Mostramos que, se o problema ainda não é alarmante na Capital, o interior já vive momentos de agonia pela falta d'água", disse Expedito. Ele manifestou ao governador a preocupação que agora se concentra nas sedes, onde será preciso o socorro dos carros-pipas, o que representará em mais custos e recursos do poder público.
Expedito aponta que o monitoramento dos níveis dos açudes chega a ser desesperador no Sertão Central e até no Vale do Jaguaribe. Em Piquet Carneiro, cidade onde é prefeito, o açude São José II, com capacidade para 29 milhões de metros cúbicos de água, está hoje com apenas 1,92% de suas reservas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics