TV Centro Sul

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Cientista faz iogurte a partir de bactéria da vagina e prova experimento

Uma cientista, nos Estados Unidos, fez um iogurte a partir de bactérias da própria vagina e degustou o experimento. Segundo o Huffington Post, Cecilia Westbrook é uma estudante PhD da University of Wisconsin, dos EUA, e fez o próprio iogurte natural depois de ver um livro com uma receita ensinando a fazer a partir do esperma. "De certa maneira, é tão óbvio. Claro que você pode fazer iogurte a partir de sua flora natural. Mas quem pensaria em fazer?", disse Westbrook. Segundo a pesquisadora, a bactéria mais comum encontrada em uma vagina saudável, o lactobacilo, é a mesma achada em iogurte comum. Ela imaginou que seria fácil fabricar o iogurte usando uma colher para recolher a bactéria de seu órgão genital. Ela fez o iogurte da noite para o dia, coletando os ingredientes e deixando para fermentar. Pela manhã, ela comeu a amostra com frutas e disse que tinha gosto similar ao de iogurte. Depois, a pesquisadora consultou Larry Forney, um microbiologista da University of Idaho, que advertiu que a ideia não era boa. Para Forney, ela poderia terminar com uma "má leva" de bactérias, já que a vagina tem várias além dos lactobacilos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics