TV Centro Sul

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Eduardo Cunha vai chamar os 39 ministros para explicações na Câmara

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) prepara um convite global para que os 39 ministros da presidente Dilma Rousseff prestem esclarecimentos e debatam temas de suas pastas com deputados.
A ideia é seja estabelecido um calendário para que um ministro, a cada semana, compareça à Câmara numa comissão geral, quando todos os trabalhos da Casa são interrompidos para a realização de um debate em plenário.
Cunha acertou a interação com os ministros durante a reunião de líderes da Casa. Pelas regras da Câmara, quando um ministro é convidado, ele não é obrigado a comparecer. O peemedebista, porém, não descartou que sejam aprovadas convocações, em casos de recusa, o que torna a presença obrigatória.
"Vamos aprovar um convite global, fazer um calendário para o ano inteiro. Se eventualmente, alguém que for convidado, sem motivação de força maior se recusar a comparecer, pode ser que o plenário entenda depois convocar", afirmou.
Questionado se a medida é uma reação à pressão dos parlamentares contra restabelecer sessões de votações nas quintas-feiras, ele negou.
"Não tem reação nenhuma. É simplesmente fazer o que o Parlamento tem que fazer: que é debater. É fazer com que os ministros possam num dia debater assuntos de suas pastas com o Parlamento", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics