Advertisement

quinta-feira, 19 de março de 2015

Bancada evangélica do Congresso Nacional propõe boicote a novela Babilônia

Uma nota assinada pelo deputado federal João Campos (PSDB-GO) e apoiada pela Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional repudia o beijo gay exibido na novela Babilônia, da TV Globo, e propõe um boicote a narrativa escrita por Gilberto Braga. De acordo com o Terra, o texto foi divulgado nesta quinta-feira (19) e classifica o beijo protagonizado pelas atrizes Fernanda Montenegro e Nathália Timberg como um dos "estupros morais impostos pela mídia liberal" exibidos pela novela. Campos é pastor evangélico e também foi o autor do projeto conhecido como 'cura gay', que já foi arquivado. “Assim como outras anteriormente exibidas pela Rede Globo, Babilônia tem a clara intenção de afrontar os cristãos em suas convicções e princípios, querendo trazer, de forma impositiva, para quase toda a sociedade brasileira, o modismo denominado por eles de ‘outra forma de amar’, contrariando nossos costumes, usos e tradições", afirma a nota, destacando que as atrizes tem 85 anos e um “reconhecido talento e conceito artístico”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário