TV Centro Sul

sexta-feira, 6 de março de 2015

Janot pede abertura de inquérito no STF contra oito senadores

Segundo informações do jornal O Globo, os nomes dos senadores Lindbergh Farias (PT-RJ), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Humberto Costa (PT-PE), Romero Jucá (PMDB-RR), Edison Lobão (PMDB-MA) e Fernando Collor (PTB-AL) estão na lista de pedidos de abertura de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhada na noite de terça-feira pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Ciro Nogueira (PP-PI), que já afirmou que renuncia ao mandato caso se comprove o recebimento de propina a partir dos desvios da Petrobras, e Renan Calheiros (PMDB-AL), também foi avisado de que está na lista, junto com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Com o presidente do Senado, o número de senadores incluídos no pedido de abertura de inquéritos no STF totaliza oito, o equivalente a  10% dos 81 parlamentares que constituem o Senado Federal.
Lindbergh Farias, que está na expectativa de confirmar se está ou não na lista dos que serão investigados pelo Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu a necessidade de separar o que é fruto de corrupção e o que foi doação legal de campanha.
"Continuo na expectativa de não ter meu nome nessa lista. Uma coisa é corrupção e quem fez isso tem de pagar. Outra coisa é doação legal. É preciso separar o joio do trigo", afirmou o senador ao jornal.
A Procuradoria Geral da República (PGR) já decidiu que vai pedir abertura de inquéritos no Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), que negou qualquer possibilidade de envolvimento com os desvios de dinheiro da Petrobras. A Justiça entendeu que existem elementos suficientes para os pedidos das investigações.. A avaliação dos procuradores é a mesma envolvendo o caso do governador do Acre, Tião Viana (PT).
A Procuradoria não vai oferecer uma denúncia direta contra os dois, como foi feito em relação aos políticos com foro junto ao Supremo Tribunal Federal (STF). O instrumento será o mesmo usado para as 54 pessoas listadas nas 28 solicitações ao STF: o pedido de abertura de inquérito.

 (Com informações do jornal O Globo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics