quinta-feira, 23 de abril de 2015

Camilo Santana entrega mensagem que define promoções de policiais

O governador do Ceará, Camilo Santana, entregou, na manhã desta quinta-feira (23/04), durante a ordem do dia da sessão plenária da Assembleia Legislativa, a mensagem do Executivo que trata sobre as promoções da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. O presidente da Casa, deputado Zezinho Albuquerque (Pros), parabenizou o governador e os policiais militares e classificou o momento como histórico para os cearenses.
De acordo com Zezinho Albuquerque, o governador cumpre mais uma promessa de campanha ao enviar a mensagem à AL. “É uma satisfação para a Assembleia receber o governador, que veio entregar pessoalmente esse documento que vai beneficiar os policiais. Ele está fazendo as coisas acontecerem em pouco tempo de mandato”, elogiou.
Segundo Camilo Santana, “a nova lei acaba com o limitador de vagas para as promoções e vai garantir que todos tenham expectativa de serem promovidos, além de corrigir a demanda reprimida de quase nove mil policiais, que deveriam ter sido promovidos no passado, mas não foram”.
Camilo Santana disse que vai dialogar com os policiais, buscando diminuir os índices de violência no Estado. “Já estamos analisando as estatísticas da violência e desenvolvendo ações para garantir a tranquilidade do povo cearense”, afirmou.
O chefe do Executivo apresentou algumas das ações previstas para o setor, como a reestruturação do Ronda do Quarteirão, a criação de 60 novas equipes do Raio para o Interior e o Batalhão de Divisas, para proteger as fronteiras do Ceará. “Nada é possível sem planejamento, e a violência não é resolvida apenas com a Polícia. É preciso integrar as ações, como os programas sociais, escolas de tempo integral, iluminação das vias públicas, além da forte presença da saúde, educação, entre outros”, avaliou.
Participaram da mesa o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Delci Teixeira; o chefe da Casa Militar, coronel Francisco Studart; o comandante geral da Polícia Militar, coronel Geovani Pinheiro, e o secretário da Fazenda, Mauro Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics