domingo, 3 de maio de 2015

Alexandre Pereira pode ser presidente do PSB no Ceará

O presidente do Partido Popular Socialista (PPS), no Ceará, Alexandre Pereira, afirmou ao Diário do Nordeste, que ainda não há discussão local sobre quem comandará o novo grêmio surgido a partir da fusão com o Partido Socialista Brasileiro (PSB). Segundo afirma, é necessário primeiro dialogar com as lideranças políticas para que outros parlamentares possam aderir à nova legenda, visando o fortalecimento do grupo.
Pelos primeiros entendimentos, o partido no Ceará será comandado por Alexandre em razão de o PPS ter maior representatividade no Estado, pois conta com um deputado federal e outro estadual. O pessoal do PSB cearense não conseguiu eleger, no último pleito, nenhum representante para o Congresso ou para a Assembleia, mas está lutando para ficar à frente da nova agremiação, caso se concretize a fusão das duas siglas.
Segundo Alexandre Pereira, seu "interesse hoje é na fusão nacional. O grupo que está coordenando essa discussão, inclusive, pediu para que nós não fizéssemos qualquer confronto nos estados, visando o fortalecimento dessa união", afirmou ele quando questionado sobre a presidência local da sigla. Desde o ano passado há um diálogo com os dirigentes estaduais do PSB no Ceará, e, inclusive, esses debates têm demonstrado o interesse de ambas as partes na fusão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics