quarta-feira, 20 de maio de 2015

Malásia e Indonésia aceitam dar refúgio a 7 mil imigrantes à deriva



Malásia e Indonésia anunciaram nesta quarta-feira (20) que vão dar refúgio a cerca de 7 mil imigrantes ilegais que estão à deriva em barcos frágeis no litoral desses países. Segundo o Estadão, eles ressaltaram que não vão acolher um novo afluxo de imigrantes. Apenas neste mês, cerca de 3 mil pessoas já desembarcaram nesses países. Ao oferecer ajuda, Malásia e Indonésia atendem a uma solicitação da ONU para que abrigassem as pessoas. "O que deixamos bem claro é que vamos aceitar apenas as pessoas em alto mar", disse o ministro das Relações Exteriores da Malásia, Anifah Aman. "Mas, se houver um novo influxo, sob nenhuma circunstância vamos recolher cada um deles". Ainda de acordo com o Estadão, a maioria dos imigrantes que tem como destino a Malásia e a Indonésia vem de outros países asiáticos, como Bangladesh e Mianmar. Ao buscar melhores condições de vida, eles são sequestrados por traficantes que prometem emprego, mas acabam mantendo-os como reféns.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics