sexta-feira, 22 de maio de 2015

O governador do Ceará e a saúde agonizante

Camilo Santana, com menos de cinco meses de governo, já enfrenta uma crise na saúde pública de grandes dimensões – com repercussão na imprensa nacional. As cenas dos pacientes atendidos nos corredores e até no chão dos hospitais públicos de Fortaleza chocaram a opinião pública. O governador afirma que os investimentos foram feitos na gestão anterior, mas o que se questiona é se o planejamento desses recursos foi realmente realizado e quais as saídas possíveis para resolver esse problema. 
Cid Gomes investiu maciçamente em saúde pública nos seus oito anos de governo, inaugurando hospitais, policlínicas, UPAs e CEOs, além de reformar ou ampliar os já existentes. A questão é que, ao expandir a rede de atendimento, o custeio deveria ter sido reforçado, com a contratação de mais profissionais, ampliação do número de leitos, compra de medicamentos e outros insumos. Esse movimento não foi feito a contento. O Ceará, apesar da ampliação da arrecadação, ainda é um estado pobre, muito dependente dos recursos federais. Com a crise, e consequente ajuste realizado pelo governo Dilma, os gastos sofreram forte redução, atingindo os repasses para áreas sensíveis como a saúde.
As pressões vêm da imprensa, do sindicato dos médicos e da oposição no Legislativo. Camilo Santana testará sua capacidade de liderança em duas frentes. Inicialmente, concentrando-se em manter a rede de saúde pública funcionando com normalidade, ao invés de construir mais prédios, fará muito se conseguir garantir a eficácia dos equipamentos já existentes, com um planejamento adequado às condições orçamentárias do Estado, cobrando verdadeiramente um posicionamento do governo federal.
Nesse sentido, a segunda frente envolve o necessário diálogo com os servidores e especialistas para construir soluções práticas e urgentes para a saúde pública – um tema complexo e que está para além das colorações partidárias, pois perpassa a linha tênue entre a vida e a morte de milhões de cearenses.  
Cleyton Monte
cleytonvmonte@gmail.com

Professor da Faculdade Cearense. Doutorando em sociologia- UFCe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics