terça-feira, 5 de maio de 2015

Patrícia Aguiar promete manutenção de aliança com governo Camilo

A prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar, deixa o PMDB após 20 anos para assumir oficialmente, nos próximos dias, o comando estadual do PSD no Ceará. Com promessa de manter a aliança com o governador Camilo Santana (PT), a esposa do conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Domingos Filho, chega à nova sigla para “fortalecer a legenda para as eleições de 2016”, conforme declarou o atual líder do partido no Estado, Almircy Pinto. “A perspectiva é que o partido continue aliado do governo”, garantiu a gestora municipal.

Em entrevista ao O POVO, a prefeita afirmou ainda que recebeu o convite do ainda presidente estadual, Almircy Pinto, e do presidente nacional da sigla, o ministro das Cidades, Gilberto Kassab. De acordo com a gestora, além dela, outros cinco vereadores eleitos pelo PMDB, na última eleição no município, deverão acompanhá-la na nova legenda.
Segundo ela, durante conversa com o senador Eunício Oliveira (PMDB) para comunicar a saída, não houve ameaça de reivindicação dos mandatos por parte dele. “A conversa que a gente teve com o senador, até pelos anos que a gente conviveu no partido, foi amigável. Ele nos garantiu que não iria procurar reivindicar mandatos”, disse.
Segundo uma das lideranças do PMDB no Ceará, o vice-prefeito de Fortaleza Gaudêncio Lucena, o Ministério Público fica sempre atento às mudanças de partidos. “Qualquer pessoa que sai de um partido para ingressar em outro, ele corre o risco de perder o mandato”, afirmou sem dar detalhes de qual seria o posicionamento do PMDB.
 
Independência
Com discurso de “independência”, o PSD deixou bloco governista após três meses de governo petista no Estado. Após a saída do bloco, o secretário estadual da Pesca e Aquicultura, o deputado Osmar Baquit (PSD), externou o desejo de presidir a sigla para evitar que o partido deixasse a base de apoio ao governador Camilo Santana. “Como eu iria me sentir amanhã o partido apoiando Eunício Oliveira? Eu tenho que brigar pra que isso não aconteça no futuro”, disse. Mesmo com trânsito livre no PMDB de Eunício, Patrícia garantiu que irá trabalhar para a manutenção da aliança com Camilo. 

O POVO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics