domingo, 3 de maio de 2015

PMDB do Ceará quer fazer " faxina"

Ao apontar prejuízo eleitoral na última campanha ao Governo do Ceará, por causa de peemedebistas que apoiaram o governador eleito Camilo Santana, o PMDB do Ceará espera abrir este mês o processo de expulsões contra o que classifica de “opositores ao partido”. Segundo a direção peemedebista no Estado, algumas lideranças desobedeceram a orientação do diretório estadual e votaram contra o próprio PMDB.
O Blog apurou que entre os nomes no processo de expulsão, agendados pelo presidente em exercício, Gaudencio Lucena, estão o deputado federal Aníbal Gomes (Acaraú), a vice-prefeita Betilde Sampaio (Barbalha), o prefeito Fabiano Lobo (Santa Quitéria) e o prefeito Gonçalo Pinho (Nova Russas).
Em compensação, o PMDB promove novas lideranças. Como é o caso do deputado estadual Audic Mota, do advogado Leonardo Araújo, do prefeito Pedim do Cleto e do ex-prefeito de Camocim, Chico Vaulino.
“Várias lideranças, da Capital e do Interior, estão nos procurando e vamos promover eventos em todo o Ceará com o anúncio dessas filiações”, informou o vice-prefeito de Fortaleza, Gaudencio Lucena.
A do dia 16 deste mês, o partido inicia seus encontros regionais. A primeira cidade visitada será Camocim, na Região Norte. O partido espera conseguir novas filiações e promover um debate sobre os problemas enfrentados pela população.
Blog do Eliomar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics