TV Centro Sul

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Polícia Civil de Granja indicia vereador por estelionato

O vereador e presidente do Partido Solidariedade (SD) de Granja, Raimundo Félix, foi indiciado pela Polícia Civil pelo crime de estelionato, por registrar loteamento não aprovado pelos órgãos competentes e praticar crime contra a administração pública.
Um grupo de moradores e proprietários de imóveis do Loteamento Planalto do Sol denunciou um golpe realizado pelo vereador, que teria vendido lotes como fosse o proprietário do terreno, que na verdade pertence a prefeitura.
Segundo o delegado regional da Polícia Civil de Granja, Herbert Ponte e Silva, os moradores compraram o lote e, ao tentarem registrar o documento em cartório, descobriram que o terreno pertencia ao município, e que a venda era proibida.
Entre as vítimas do golpe está o também vereador Jarbas Júnior, que teria comprado o lote após receber confirmação de Raimundo Félix de que o terreno estava localizado em propriedade do presidente do SD.
Jarbas e outras vítimas recorreram ao Ministério Público e à Polícia Civil para responsabilizar o vereador Raimundo Félix.
Condenado
Não é a primeira vez que o vereador Félix tem problemas com a Justiça. A juíza Cláudia Waleska Mattos Mascarenhas, da Comarca de Granja, já condenou o político a indenizar, por danos morais, a dona de casa Maria Félix de Oliveira, pelo uso indevido de documentos para financiar veículo de uso particular.

O POVO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics