quarta-feira, 3 de junho de 2015

Brasil terá centro de proteção para evitar ataques de hackers nas Olimpíadas



O Centro de Defesa Cibernética do Exército Brasileiro (CDCiber) divulgou nesta terça-feira (2) que o Brasil contará com 200 especialistas para atuar na proteção cibernética durante os Jogos Olímpicos do Rio 2016. Segundo o órgão, a atenção é para o risco de sites públicos e privados serem invadidos e terem informações roubadas durante o evento. O mesmo esquema de proteção foi utilizado no ano passado, durante a Copa do Mundo, realizada no Brasil. Na época, 100 especialistas estiveram atuando nas cidades que sediaram a competição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics