TV Centro Sul

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Denúncias para o governo do Ceará através da internet

As demandas e manifestações dos cidadãos registradas pelos perfis oficiais do Governo do Estado nas redes sociais (Twitter e Facebook) passam, desde esta terça-feira (23), a integrar o sistema de Ouvidoria do Estado, serviço já prestado pela Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE). A novidade faz parte da celebração pelos três anos de vigência da Lei de Acesso à Informação do Estado do Ceará, que aniversaria no próximo domingo (28).

Os posicionamentos são encaminhados para as redes sociais da Ouvidoria (Facebook: ouvidoriaceara e Twitter: @ouvidoriaceara). Na sequência, a equipe da Ouvidoria cadastrará as manifestações e repassará aos cidadãos o número de protocolo e senha, possibilitando assim que a pessoa acompanhe a situação da manifestação e receba a resposta do Governo - no prazo máximo de 15 dias.

A CGE hoje já é responsável por apurar e responder as manifestações apresentadas pela sociedade, e a partir destas, são apresentadas sugestões e providências a serem tomadas tanto na implementação das políticas públicas, como na melhoria dos serviços prestados.

As manifestações de Ouvidoria podem ser classificadas como reclamação, denúncia, crítica, elogio, sugestão ou solicitação de serviço, recebidas por diversos meios, como: telefone, internet (Sistema SOU), presencial, e-mail, carta, mídias sociais (Facebook e Twitter), caixa de sugestões, dentre outros.

O secretário Chefe de Estado, Nelson Martins, afirma que “só construímos cidadania a partir do acesso à informação. Com essa ação de integração entre a área de comunicação do Governo do Estado e a Ouvidoria, ampliamos o acesso da sociedade a informação e ferramentas de controle social, incentivando assim a participação do cidadão no Governo”, aponta.


Mais proximidade

A página do Governo do Estado no Facebook possui hoje mais de 131 mil curtidas e a do Twitter mais de 62 mil seguidores. As redes sociais possibilitam que o Governo do Estado se aproxime cada vez mais das pessoas, fazendo crescer o número de manifestações nos canais virtuais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics