TV Centro Sul

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Ministro da Saúde negocia retorno da CPMF

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, com o aval da presidente Dilma, negocia com governadores uma medida de arrecadação de recursos para o setor inspirado na CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), imposto sobre o cheque extinto em 2007, cujos valores eram totalmente destinados à saúde. As informações são da Folha de S.Paulo.
Durante o 5° congresso do PT, realizado em Salvador nesta sexta-feira (11), Chioro declarou já ter conversado com a maioria dos governadores sobre o tema. Uma das ideias seria a de estabelecer um piso de movimentação financeira sobre a qual incidiria a taxação.
Chioro ressaltou a relevância do tema. "É preciso dar sustentabilidade ao sistema. E o partido já mostrou o caminho", afirmou. O objetivo do governo é apresentar uma sugestão já no próximo semestre, durante a Conferência de Saúde.
O retorno do imposto do cheque é defendido pela ala majoritária do PT. A chapa apresentou na terça-feira (9) um documento que propõe o retorno do tributo. "Somos favoráveis à retomada da contribuição sobre movimentação financeira, um imposto limpo, transparente e não cumulativo, como uma nova fonte de financiamento da saúde pública", diz o comunicado, elaborado pelo presidente do partido, Rui Falcão, junto com integrantes da Executiva Nacional petista
Miguel Rossetto, ministro da Secretaria-Geral da Presidência, disse, no entanto, que a discussão sobre a volta da CPFM está "em aberto".

(Com informações da Folha de S.Paulo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics