sexta-feira, 19 de junho de 2015

Prefeito proíbe secretários de participarem de grupos no WhatsApp

O prefeito de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, Alair Corrêa, proibiu nesta quinta-feira (18) que secretários e assessores participem de grupos no Whatsapp que não sejam relacionados ao trabalho no governo. O comunicado foi postado no Facebook do próprio prefeito.
De acordo com a postagem, os membros do governo só podem continuar nos respectivos grupos se pedirem exoneração de seus cargos. A publicação causou polêmica, sendo contestada nos comentários. 
"Comunico a todos os secretários e demais assessores do nosso governo que a partir dessa data não será mais permitido a participação dos Srs em qualquer grupo de WhatsApp que não seja o de trabalho como os da saúde, obras, Comsercaf, Comunicação e educação. Solicitando, então, a retirada de outros quaisquer grupos. Por fim, comunicamos que poderão manter-se nos mesmos mas terão que pedir exoneração. Exceto profissionais da área jornalística", disse o prefeito.
Alguns internautas ironizaram o comunicado. Um dos comentários pedia para o prefeito "se preocupar mais com as vacinas que estão em falta", e dizia para ele próprio parar de usar o aplicativo de mensagens instantâneas.
Outro relacionou a decisão com as restrições impostas em regimes de excessão, dizendo: "isso é ditadura prefeito". O mesmo internauta aconselhou o prefeito a "ver as 51 unidades da prefeitura sem energia". Ele se referia ao corte na energia elétrica das repartições públicas municipais nesta quinta por falta de pagamento.
A reportagem do G1 tentou fazer contato com o prefeito na tarde desta quinta por meio da assessoria de imprensa, mas não teve retorno para as ligações efetuadas.

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics