TV Centro Sul

sábado, 8 de agosto de 2015

Deputado diz que radialista assassinado em Camocim "não valia nada"

O Deputado Manoel Ducca (Pros), disse durante plenária na Assembleia Legislativa, nesta sexta (7), que o radialista Gleydson Carvalho, morto com dois tiros na cabeça na última quarta (6) "não valia nada". O radialista foi assassinado em Camocim, quando apresentava um programa em uma rádio da cidade. 
A manifestação do deputado, que presidia a sessão, veio após o depoimento do deputado e radialista Ely Aguiar (PSDC) homenageando Gleydson. "Duquinha", como é conhecido interrompeu Ely Aguiar "Com todo respeito a você, Ely, mas esse era coisa muito ruim esse homem. Com todo respeito, esse ai não valia nada"?, disse Manoel Ducca. 
Após a sessão, em entrevista, "Duquinha" disse não se arrepender do que falou e que diria pessoalmente, caso o radialista ainda estivesse vivo. 
CNEWS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics