segunda-feira, 23 de novembro de 2015

A lama da vergonha chega ao mar

“O que assusta é ver o quão pouco o governo federal está fazendo. Parece que foi em outro país. Se eu fosse ministro do Meio Ambiente, não iria à conferência de Paris. Esse desastre é uma tragédia nacional, uma emergência muito mais importante para o Brasil, e não tem sido tratado com a devida relevância”, lamentou o coordenador de campanhas do Greenpeace Brasil, Nilo D’Ávila.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics