TV Centro Sul

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Homem armado mata vice-prefeito de Choró em gabinete do prédio municipal

Um homem armado invadiu o gabinete da Prefeitura Municipal de Choró,  fez refém e matou o vice-prefeito da cidade, Francisco Sidney Cavalcante, no início da tarde desta terça-feira, 24, no Centro. O suspeito, Francisco Roberto Oliveira,  afirmou que Sidney tinha um caso com a mulher dele, Maria Elisângela Gomes Lemos, e deu um tiro na própria cabeça no fim da negociação com a Polícia, por volta das 14h45min. O corpo da mulher do criminoso foi encontrado em um apartamento na Parangaba.
A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que Roberto foi socorrido para um hospital local e em seguida transferido para Fortaleza.
Segundo o comandante do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), capitão Antônio Cavalcante, que acompanhou a negociação, o suspeito chegou a dizer que mais quatro pessoas estavam mantidas reféns na sala. “Mas era mentira, quando abrimos a sala o corpo do vice-prefeito foi encontrado e o criminoso deu um tiro na cabeça, sendo socorrido em seguida por uma ambulância”, explicou.
A morte do vice-prefeito foi confirmada ao O POVO Online pelo Coronel Andrade Mendonça, porta-voz da Polícia Militar do Ceará, por volta das 14 horas. Antes de entrar na sala, os policiais tentaram conversar com o suspeito para preservar a vida das outras supostas vítimas.
A Polícia acredita que o crime tenha sido passional, pois o próprio suspeito citou um caso de sua mulher com o vice-prefeito. “Ele afirmou que também matou a mulher e escondeu o corpo em um freezer. A Divisão de Homicídios foi verificar isso na casa dele”, detalhou Cavacante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics