Advertisement

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Imagem ruim do Brasil

A agência de classificação de risco Fitch avalia que o Brasil corre o risco de ter um corte para grau especulativo em 2016. O país é visto como o mais vulnerável entre todos dos mercados emergentes por causa, sobretudo, da falta de consolidação fiscal. Em outubro, a nota do Brasil desceu para o último patamar que garante o grau de investimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário