Advertisement

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Justiça libera maconha para uso medicinal em Brasília



A Justiça do Distrito Federal determinou que a Anvisa retire o THC, o princípio ativo da maconha, da lista de substâncias proibidas no Brasil. O juiz também estipulou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária libere a importação de remédios e produtos terapêuticos que possuam o THC ou o canabidiol. O objetivo é permitir que as substâncias sejam usadas no tratamento de doenças como a epilepsia, o mal de Parkinson e a esclerose múltipla.

Nenhum comentário:

Postar um comentário