TV Centro Sul

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Mensagem da traição foi o pivô de tragédia

Uma mensagem de celular foi o "estopim" para que o comerciante Francisco Roberto de Oliveira, 46, matasse a técnica de enfermagem Elizangela Gomes Lemos, 35, com quem era casado há pelo menos 10 anos e escondesse o corpo dela em um refrigerador. A mesma mensagem teria sido o principal motivo para que ele viajasse mais de 150 quilômetros até o município de Choró, onde fez de refém e matou vice-prefeito Sidney Cavalcante Sousa, 42. A informação é do delegado Leonardo Barreto, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics