TV Centro Sul

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Suíça cobra R$ 26 mil de Eduardo Cunha por despesas

A Corte Suprema da Suíça rejeitou recurso do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e cobrou dele o pagamento de sete mil francos suíços, equivalente a 26 mil reais, por despesas judiciais. Cunha havia recorrido de decisão que permitiu o envio de dados bancários do parlamentar para o Brasil. O deputado é investigado pelo Conselho de Ética da Câmara por quebra de decoro, acusado de ter mentido à CPI da Petrobras sobre as contas no exterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics