quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Governo da Somália proibe celebrações de Natal e Ano Novo

O governo da Somália proibiu as celebrações de Natal e Ano Novo, alegando questões de segurança. O diretor-geral do Ministério de Assuntos Religiosos do país disse que os eventos são contrários à cultura islâmica e poderiam provocar ataques de extremistas. Doze pessoas morreram no Natal do ano passado em um atentado no Aeroporto de Mogadíscio. Além da Somália, o governo de Brunei também proibiu as festas cristãs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics