terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Homem é preso por ter diversos focos do mosquito Ades Aegypti no seu comércio

Um homem foi preso após uma vistoria da força-tarefa para o combate ao mosquito Ades Aegypti, em Campo Grande no Mato Grosso do Sul. Segundo a polícia, o estabelecimento estava com diversos focos do mosquito e o proprietário já havia sido alertado em outra vistoria sobre o problema. O homem foi autuado em flagrante e pagou doi mil reais de fiança. A pena para este tipo de crime é de seis meses a um ano de detenção, mais multa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics