quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Caso Eduardo Campos...

As famílias do piloto e copiloto criticaram o relatório da Aeronáutica sobre o acidente que matou o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos. O texto apontou que a tripulação não possuía treinamento específico para o modelo Cessna. Sete pessoas morreram na queda em Santos, no litoral paulista, em 2014.

O relatório também cita o mau tempo, além do cansaço e estresse da tripulação como motivos para a tragédia. O advogado de defesa do copiloto disse que pretende entrar com ação nos Estados Unidos contra a Cessna por causa de uma falha no projeto do avião. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics