quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

MP investiga Prefeitura de Tauá


A partir de denúncias, o Ministério Público Estadual (MP-CE), por meio do procurador de Justiça Erick Pessoa, abriu três inquéritos civis contra a Prefeitura de Tauá para investigar supostas irregularidades envolvendo a contratação de serviço de buffet, o pagamento de passagens aéreas e o uso da taxa de iluminação pública. O órgão gestor já foi notificado e conseguiu prorrogar o prazo para apresentar defesa até o dia 28 de janeiro.


As irregularidades são investigadas pelo procurador desde o fim do ano passado, quando três processos administrativos foram instaurados. Segundo Erick Pessoa, ele resolveu convertê-los em inquéritos civis para dar mais mobilidade na investigação. "Todos os três casos são denúncias levadas ao Ministério Público, que está investigando. Não pode condenar enquanto não tiver evidência", disse o promotor.


Uma licitação de serviço realizada pela Prefeitura de Tauá, concedida a uma empresa franquiada de uma rede de sanduíches, que ultrapassa os valores de R$ 1 milhão, é alvo das investigações do Ministério Público. Pessoas ligadas à atual gestão têm se posicionado nas redes sociais e afirmam que as denúncias são intrigas da oposição.


Caso o município não apresente a defesa dentro do prazo, pode responder por crime de desobediência. O POVO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics