TV Centro Sul

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Dilma irá receber o presidente da Bulgária

A presidente Dilma Rousseff receberá nesta segunda-feira (1º) o colega da Bulgária, Rosen Plevneliev, no Palácio do Planalto. É a primeira visita oficial de um presidente búlgaro desde que Dilma assumiu o comando do Brasil.
Conforme a Presidência da República, o principal foco da reunião de Dilma e Plevneliev é a assinatura de acordos entre os governos dos dois países.
Um desses acordos, na área da Previdência Social, permitirá a brasileiros que tenham trabalhado na Bulgária e contribuído com os impostos locais a contar o tempo no país europeu caso voltem ao Brasil e se aposentem por aqui. O mesmo, pelo acordo, valerá para o cidadão búlgaro – o Brasil já mantém esse tipo de acordo com o Mercosul, Japão e Alemanha.
Há expectativa de que eles abordem também o tema dos refugiados que têm ido em direção à Europa. Segundo o governo, este é um tema que “interessa muito” à presidente Dilma. Em discurso na ONU, por exemplo, ela disse ser “absurdo” impedir o livre trânsito de pessoas.
Pela programação, divulgada pela Secretaria de Comunicação Social, Rosen Plevneliev chegará ao Palácio do Planalto nesta segunda-feira por volta das 11h.
Ele passará em revista as tropas militares e será recebido por Dilma na rampa do palácio. Os dois se cumprimentarão e acompanharão a execução dos hinos dos dois países pelo Batalhão da Guarda Presidencial.
Na sequência, Dilma e Plevneliev terão uma reunião privada, seguida de uma cerimônia de assinatura de acordos de cooperação e declaração à imprensa.
Após o pronunciamento, eles seguirão para o Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores, onde almoçarão juntos. O presidente búlgaro depois seguirá para São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics