Advertisement

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Instituto de investigação identifica caso de zika na Indonésia



Um instituto de investigação indonésio anunciou neste domingo (31) que identificou um caso positivo de Zika na ilha de Sumatra, acrescentando que o vírus circulou "por algum tempo" no país. O Ministério da Saúde indonésio ainda não confirmou o relatório do Instituto de Biologia Molecular Eijkman, informa a agência France Presse (AFP). A Organização Mundial da Saúde (OMS) fará uma reunião de emergência sobre a epidemia do Zika, suspeita de provocar malformações congênitas nos fetos. 
A reunião foi convocada no momento em que o vírus se propaga no continente americano, com cerca de 4 milhões de casos esperados neste ano. De acordo com a Agência Lusa, um homem de 27 anos que mora na província de Jambi, na ilha da Sumatra, e que nunca viajou para o exterior, foi infectado pelo vírus, que é transmitido por picada de mosquito. O instituto informou que o caso foi identificado no âmbito de um estudo sobre a epidemia de dengue naquela província. "Das 103 amostras (negativas para a dengue), encontramos uma que foi positiva para o Zika", declarou à AFP o representante do instituto, Herawati Sudoyo. Ele disse que as amostras foram recolhidas durante uma epidemia de dengue em Jambi, entre dezembro de 2014 e abril de 2015. "Concluímos que o vírus circulou algum tempo pela Indonésia", acrescentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário