quarta-feira, 23 de março de 2016

Agenor Neto critica promessas não cumpridas pelo Governo

O deputado Agenor Neto (PMDB) criticou, em pronunciamento no primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quinta-feira (22/03), o Governo do Estado. Segundo ele, o Executivo não estaria cumprindo as promessas realizadas à população da região centro-sul do Ceará, notadamente nas áreas de saúde e habitação.
O parlamentar explicou que, nos últimos nove anos, nenhuma casa popular foi construída com recursos próprios do Estado, e os repasses para os três hospitais públicos da região não recebem “sequer 5% do que um único hospital da região norte tem recebido”. 
Para o deputado, não há desculpa de falta de recursos. “Casas populares foram prometidas em campanha, mas nada foi feito até agora, apesar de o Fundo  Estadual de Combate à Pobreza (Fecop) ter arrecadado R$ 500 milhões no ano passado.” Agenor Neto acentuou que não existe mais programa Minha Casa, Minha Vida, deixando desassistida a população de baixa renda no setor de habitação.
“Em 2003, o governador Lúcio Alcântara criou o Feco, e votei a favor, quando o  PT votou contra. Mas, nos últimos nove anos, não foi mais foi construída uma única casa em toda a região centro-sul do Estado. Há dinheiro exclusivo para isso, porém nada está sendo aplicado”, afirmou.
Agenor Neto explicou que, mesmo perdendo eleição, trabalhou junto ao Governo do Estado para conseguir a consecução de projetos. “Perdi duas eleições para prefeito de Iguatu, mas não perdi a vontade de representar bem a minha região. Mostrei que era possível fazer. E, como aliado do Governo Estadual, realizamos projetos. Em 2004, Iguatu foi o município que mais liberou projetos São José. E este ano, nada foi liberado para a região centro-sul, mesmo havendo uma deputada da região na base aliada do Governo”, salientou.
O peemedebista revelou que, na sexta-feira passada, a população de Iguatu realizou uma manifestação, “com milhares de pessoas, para dizer basta à discriminação e aos investimentos desiguais”. Ele lembrou que Iguatu paga os mesmos impostos dos demais municípios. “Portanto, a região centro-sul merece respeito, e quer que o Governo do Estado invista em todas as áreas”, acrescentou.
Em aparte, o deputado Danniel Oliveira (PMDB) disse que atualmente pode-se ver um descaso com a região centro-sul. “Ficou à margem do Governo, após um ano e quatro meses. Não fez nada pela região, notadamente na área de saúde, onde o hospital regional não tem recursos suficientes para funcionar”, observou.
JS/AT 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics