terça-feira, 15 de março de 2016

Leonardo Araújo pede afastamento de Dilma Rousseff

O deputado Leonardo Araújo (PMDB) avaliou, em pronunciamento no primeiro expediente da Assembleia Legislativa desta terça-feira (15/03), o momento político nacional e pediu o afastamento de Dilma Rousseff da presidência do País. O parlamentar disse que o seu partido está apto a assumir o Poder, em substituição à presidente, nem que para isso “seja necessário cortar na própria carne".
De acordo com Leonardo Araújo, o ex-presidente Lula cometeu um estelionato eleitoral ao se reeleger e repetiu o mesmo artifício ao eleger e reeleger Dilma Rousseff. “A população foi levada a cometer um grande erro. Há maus políticos até no meu próprio partido. Mas não podemos deixar que pessoas envolvidas em escândalos de corrupção continuem comandando os destinos do País”, acrescentou.
Leonardo Araújo defendeu o afastamento imediato de Dilma Rousseff e criticou o discurso do PT, que “tenta mostrar um País dividido entre ricos e pobres, exibindo  imagens para justificar esse discurso. Mas, na realidade, este partido leva o País à bancarrota”, frisou.
O peemedebista também rebateu que a oposição do país esteja querendo impor um golpe. “O golpe é o que se arquiteta é indicar Lula para o ministério, para dar a ele foro privilegiado”, afirmou.
Leonardo Araújo  reconheceu que há maus e bons políticos no PMDB, mas a sua posição pessoal é que o partido poderá novamente prestar grande serviço ao País, como na crise do Governo Collor de Mello. “Foi Itamar Franco, do PMDB, que assumiu o poder  e criou o Plano Real, devolvendo a estabilidade econômica ao país”, observou.
Em aparte, a deputada Bethrose (PMB) disse que o deputado José Sarto (PDT) não conhece nada no município de São Gonçalo, onde chegou como paraquedista. “O povo de São Gonçalo sabe o que foi a gestão do meu marido e como ele transformou o município. Meu espelho é Walter Ramos de Araújo, que foi um ex-gestor que olhou pela população”, apontou.
A deputada Rachel Marques (PT) pontuou que a vinda do ex-presidente Lula para o ministério de Dilma é uma indicação de que será dado um novo rumo à política econômica do País. O deputado Danniel Oliveira (PMDB) também criticou a atual gestão federal e disse desconhecer o rumo que o Brasil tomará.
JS/AT  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics