terça-feira, 15 de março de 2016

Lula disse "não sei" 105 vezes

Em seu depoimento à Polícia Federal em 4 de março, o dia da condução coercitiva, para se explicar na Lava Jato, Lula respondeu 105 vezes às perguntas do delegado federal com uma de suas frases mais famosas: "não sei". O depoimento, disponibilizado pela Justiça Federal na internet, tem pouco mais de 99 páginas de transcrição da conversa entre o ex-presidente e o delegado da PF, a quem Lula chama de "querido" trinta vezes.
O ex-presidente não soube, por exemplo, quantas palestras fez no ano de 2013. E também não sabia como e quem paga por suas palestras no exterior. Em relação aos pagamentos, pediu apenas que a PF "visse com o Paulo [Okamotto] ou a Clara [Ant]", presidente e diretora do Instituto Lula. Em relação à empresa de palestras LILS, por onde Lula receberia pagamentos, o investigado também "não sabia" explicar valores e formas de pagamentos.
O depoimento de Lula foi feito por determinação do juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato. 
O ex-presidente Lula ganhou a fama de "não saber de nada" durante o escândalo do mensalão. A corrupção (apurada, investigada e transitada em julgado no Supremo Tribunal Federal) era cometida na sala ao lado de seu gabinete na Presidência da República, mas Lula sempre se limitou a dizer que "não sabia de nada".

Diário do Poder

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics