terça-feira, 5 de abril de 2016

Preso na Lava Jato pagou R$ 12 milhões por ações de jornal, diz antigo dono

O fundador e antigo dono do jornal Diário do Grande ABC, Maury Campos Dotto, declarou à força-tarefa da Operação Lava Jato que o empresário Ronan Maria Pinto pagou R$ 12 milhões pela compra dos 40% das ações da empresa, em 2004 - que deram a ele o controle acionário da empresa. Preso na sexta-feira (1º), o novo alvo das investigações declarou à Receita que o negócio foi fechado à R$ 3,6 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics