22 acusados presos: MPCE e SSPDS deflagram Operação Piranji

22 acusados presos: MPCE e SSPDS deflagram Operação Piranji

- em Ceará, Destaque
27

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), representado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), em parceria com a Coordenadoria de Inteligência (COIN) da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), deflagrou, na manhã desta quinta-feira (29), a Operação Piranji. Foram cumpridos 22 mandados de prisão preventiva e 22 mandados de busca e apreensão contra membros de uma organização criminosa com atuação na Região Metropolitana de Fortaleza e Litoral Leste do Estado. Os acusados foram presos nos municípios de Fortaleza, Cascavel, Fortim, Beberibe, Horizonte e Itaitinga.

Os 22 investigados foram denunciados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, integrar organização criminosa armada e lavagem de dinheiro. No decorrer da investigação realizada pelo GAECO, em parceria com a COIN, foram apreendidos mais de 12 quilos de cocaína, 338 quilos de maconha, cinco quilos de “crack” e mais de R$ 50.000,00 em espécie, além da prisão de mais de 60 envolvidos com o tráfico de drogas, homicídios e porte ilegal de armas.

Os mandados judiciais foram deferidos pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas e cumpridos com o apoio da Coordenadoria de Planejamento Operacional (COPOL) da SSPDS e da Coordenadoria de Inteligência (COINT) da Secretaria de Justiça e Cidadania (SEJUS). A operação é decorrente de investigações iniciadas a partir de informações do comando da 3ª Companhia do 15º Batalhão de Polícia Militar à 2ª Promotoria de Justiça de Cascavel, sobre o cometimento de crimes de homicídios em decorrência do tráfico de drogas praticado em municípios do litoral leste do Estado, por um grupo criminoso com características de organização criminosa, na modalidade facção criminosa.

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Incêndio atinge galpão de empresa de alimentos em Sobral

Local guardava entulho e lixo. Ninguém ficou ferido